Como manter a saúde dos homens

Como manter a saúde dos homens

Para manter a juventude, você precisa manter uma alta atividade física.

– Se não monitorarmos nossa saúde, talvez depois de 40-50 anos teremos que nos desembaraçar para nossas ações. Tudo precisa ser feito na hora certa. Se houver “chamadas”, sintomas de doenças, diz respeito ao trato urogenital, sensação de queimação, desconforto ao urinar, dor nos órgãos genitais – de natureza aguda e monótona, – visite um urologista. Não se esqueça da prevenção. Consulte um médico pelo menos uma vez por ano. Não há necessidade de ter medo de um urologista. O exame é realizado em um ambiente confortável.

TOP das doenças mais populares em homens

– A doença masculina mais comum é a prostatite. Ele se manifesta de maneira diferente em cada idade. Em uma idade mais jovem, os homens são mais propensos a desenvolver prostatite infecciosa e bacteriana. A categoria dos homens com mais de 40 anos – com prostatite não bacteriana, às vezes chamamos de cognitiva ou estagnada.

Recentemente, o problema do “sapinho” tornou-se relevante. Muitos acreditam que esse problema seja exclusivamente feminino, mas, na verdade, a infecção é comum entre os homens. E se apenas uma cápsula ou creme, que é anunciado na TV, pudesse ser curado, seria bom. No entanto, livrar-se dele não é fácil. Muitas vezes ocorre devido à nutrição inadequada. Com base na minha prática, posso dizer que nos últimos 10-15 anos as pessoas têm consumido muitos carboidratos, levando um estilo de vida sedentário. Isso leva não apenas ao excesso de peso corporal, mas também perturba os intestinos, o que posteriormente afeta os danos às membranas mucosas e à pele. Às vezes a gente resolve esse problema com o nutricionista-gastroenterologista, já que a doença pode voltar mesmo se for bem tratada. Ao mesmo tempo, com a idade, doenças concomitantes costumam se juntar,

Recentemente, o problema do “sapinho” tornou-se relevante. Muitos acreditam que esse problema seja exclusivamente feminino, mas, na verdade, a infecção é comum entre os homens.

Se não for tratado, o sapinho pode ter consequências graves. Portanto, nos primeiros sintomas: coceira, vermelhidão, placa específica, é melhor consultar um especialista. Muitas vezes as pessoas se automedicam e chegam quando o momento extremo já chegou – a formação da fimose, quando o prepúcio forma cicatrizes e nem abre. Este estágio avançado leva à intervenção cirúrgica.

Freqüentemente, os homens procuram um urologista com disfunções sexuais. Em primeiro lugar, está a disfunção erétil, um problema da potência masculina. No segundo – ejaculação precoce ou acelerada.

Os problemas de potência podem desaparecer por si próprios?

– Se o problema ocorreu uma vez e não voltou em um ano, isso pode ser atribuído a um acidente. Mas se aparecer repetidamente e em diferentes estágios, isso não deve ser ignorado pelo médico. Homens de qualquer idade precisam estar atentos.

Muitos jovens de 70 anos pensam que ele já tem idade suficiente. Direi que não existe o conceito de “limitar a atividade sexual dos homens”. A Organização Mundial de Saúde afirma que quanto mais ativo sexualmente um homem em qualquer faixa etária, melhor seu estado psicoemocional, desempenho e relacionamento com sua esposa.

Como manter a potência até a velhice?

– Infelizmente, a medicina não desempenha um papel importante aqui: 20% – genética, 20% – ecologia, 50% – estilo de vida e apenas 10% – medicina. Para manter a juventude, você precisa manter uma alta atividade física. Esta é a prevenção de patologias cardiovasculares, e também ajuda a produzir testosterona de forma natural.

Saiba mais em: https://macnews.com.br/

Existem muitas pílulas milagrosas na Internet agora, que supostamente aumentam os níveis de testosterona. Portanto, não existe tal pílula mágica. Existe apenas terapia de reposição hormonal e nutrição balanceada adequada. Além disso, um homem deve ter uma vida sexual ativa. A falta de relações sexuais pode causar prostatite estagnada. Se você fornecer os dados estatísticos médios, para homens de 30 a 40 anos, deve ser de 2 a 3 vezes por semana.